Início » ...na minha Opinião » Os Deputados Faltistas da Assembleia da República

Os Deputados Faltistas da Assembleia da República

O Palácio dos Faltistas

Hoje tive um dia estranho. Acordei tarde, o que me provoca um mau estar enorme, não produzi nada de jeito e continuo a acumular a roupa para passar a ferro. À noite quando o meu amado chegou e lhe perguntei como tinha corrido dia, ia caindo o Carmo e a Trindade. Consegui fechar a porta do quarto, um milésimo de segundo antes de lhe começarem a sair pela boca enormes cobras e lagartos em forma de impropérios.

No meio de toda aquela ladainha mal organizada, consegui perceber que ele pediu ao chefe para o dispensar na próxima quarta-feira à tarde, pedido que foi recusado. É que, nesse dia, vou com os nossos filhos mais novos ao pediatra e seria muito bom que ele pudesse ficar com os outros. Paciência… terei que arranjar alguém que fique com as crianças.

Em contraste com a negativa, de uma tarde de folga para ficar com os filhos, que o meu amor levou, deparei-me com uma notícia que me deixou espantada. Dizia o Público que há deputados que faltaram mais de cem vezes (100) ao seu trabalho, ou seja não puseram os pés no parlamento em mais de cem reuniões para que foram convocados. Ora bem, ainda segundo aquele jornal, as reuniões plenárias foram num total de quatrocentas e sessenta (460) em quatro anos e meio o que dá uma média de cento e duas (102) reuniões por ano.

Se o ano tem cinquenta e duas semanas (52) e se multiplicarmos esse número por cinco (5), obtemos duzentos e sessenta (260) dias úteis por ano. Se a estes dias se retirar dez (10) por conta dos feriados, obtemos duzentos e cinquenta (250) dias úteis, se não me falha a aritmética. Claro, aos duzentos e cinquenta (250) dias teremos que retirar vinte e dois (22), referentes às férias, e obtemos duzentos e vinte e oito (228). São então, cerca de duzentos e vinte e oito dias (228), que uma pessoa no activo trabalha por ano.

Ao multiplicarmos duzentos e vinte e oito (228) por quatro anos e meio, teremos mil e vinte e seis dias úteis (1.026). Ora, se em mil e vinte e seis (1026) dias úteis os deputados só foram convocados quatrocentas e sessenta vezes (460), significa que só foram obrigados a estar presentes 45% dos dias úteis.

Aqui surgiu-me uma dúvida: Será que os deputados também têm falta nos dias normais de trabalho ou apenas quando são convocados para as reuniões plenárias? Andei a pesquisar no Estatuto dos Deputados e no Regimento da Assembleia da República e não encontrei nada que me elucidasse. Daí que tenha deduzido que os Senhores Deputados que não fazem parte das Comissões Parlamentares ou outras, nem tenham nenhuma função específica designada pelos órgãos competentes, podem só por os pés no parlamento 45% dos dias úteis e têm uma assiduidade de 100%.

Enquanto digiro esta conclusão, aqui ficam os três primeiros lugares para os maiores faltistas da Assembleia da República:

Medalha de Ouro

O social-democrata Carlos Páscoa Gonçalves, o grande campeão das faltas. Em quatrocentas e sessenta (460) reuniões plenárias, faltou cento e quarenta e seis (146), ou seja 32%. Estas faltas estão todas muito bem justificadas, como manda a lei.

Medalha de Prata

O segundo classificado nesta maratona é o deputado José Cesário, também do PSD, com cento e quarenta faltas (140), o que equivale a 30%. Claro que todas as faltas estão justificadíssimas.

Medalha de Bronze

O deputado Virgílio Almeida Costa do PSD, apenas com cento e vinte e duas (122) faltas, perdeu a liderança deste torneio que lhe pertenceu o ano passado. Também ele justificou todas as suas faltas.

O meu amor só queria mesmo UMA TARDE para ficar com as crianças…

Anúncios

Bote abaixo!...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s