Início » ...em forma de Poema » O Nevoeiro

O Nevoeiro

Arte by kraftili

Ele surge de mansinho,
Silencioso como o abismo do tempo.
Invade o meu corpo num afago húmido e
Gela-me a alma.
Apaga-me o horizonte.


Os meus passos diluem-se no limbo
E eu caminho em redor de mim,
Num circulo sem fim.
Os meus pensamentos vagueiam num círculo vicioso.


Cada vez mais impenetrável
Devorou o Leste.
Onde nascerá agora o Sol?
Algo no meu ser procura o seu calor,
Num círculo virtuoso.




Bote abaixo!...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s