Início » ...Curiosas » O Dragão Alado ou a Força Sexual

O Dragão Alado ou a Força Sexual

Dragão Alado

A imagem de dragões e serpentes aladas estão presentes em todas as tradições populares, nos contos e mitologias, e o seu simbolismo é quase idêntico em todas as culturas.

Estas histórias falam-nos de um dragão que raptou a bela princesa, inocente e pura, e a guarda ciosamente, prisioneira na torre mais alta e inacessível de um castelo. A pobre princesa chora e sofre pedindo ao Céu ou aos Deuses que lhe enviem um salvador. Mas, uma sucessão interminável de cavaleiros tentam libertá-la e vão sendo vencidos e despojados dos seus bens pelo terrível dragão, que acumula as riquezas roubadas nos subterrâneos do castelo. Mas um dia surge um cavaleiro mais nobre, mais belo e mais puro que todos os outros e este jovem príncipe privilegiado, bem armado e bem instruído, por algum sábio ou mago, consegue uma vitória sobre o dragão. E assim, liberta a princesa do seu cativeiro e trocam doces beijos e carinhos. O belo cavaleiro toma como prémio todas as riquezas acumuladas pelo dragão e finalmente, ambos montados sobre o enorme monstro, agora domado, voam pelo espaço e percorrem o mundo.

Regra geral, estas histórias são consideradas contos para crianças, mas na realidade estão carregadas de simbologia digna de ser interpretada e compreendida – algumas ordens Herméticas e Esotéricas, consideram-nas como iniciáticas. Mas, mesmo numa simples análise de símbolos temos: o dragão que simboliza a força sexual. O castelo não é mais que o corpo do homem. Prisioneira no castelo por uma força sexual mal controlada, suspira a princesa que é a alma. O cavaleiro é o Ego ou o espírito do homem. As armas do cavaleiro representam a capacidade espiritual: a vontade e o conhecimento para dominar e saber utilizar a força sexual. Uma vez dominado, o dragão torna-se um servidor do homem e serve-lhe de montada para viajar no espaço e atingir prazeres únicos. A cauda do dragão representa as forças subterrâneas, ou a incapacidade do homem dominar a sua força sexual, as asas do dragão significam a libertação, a compreensão e boa utilização dessa mesma força.

Existem muitas variantes desta aventura: na mitologia grega vemos o trio Tseu, Ariane e o Minotauro. Nas tradições judaico-cristãs o Dragão é assimilado pelo Diabo. Mas o significado da força sexual está presente em todas elas.

Consulta: Omraam Mikhael Aivanhov, edições Prosveta, 1982

Advertisements

10 thoughts on “O Dragão Alado ou a Força Sexual

  1. QUE POST FANTÁSTICO!
    AMIGA LUÍSA
    Mais um belíssimo texto que você nos presenteia, e hoje tivemos a sua magnífica interpretação esotérica sobre o Dragão Alado, que muitos estudantes das escolas iniciaticas são conhecedores.
    Parabéns por mais um extraordinário post!
    Abraços,
    LISON.

    Gostar

  2. Amiga Luísa, não conhecia essa história sobre o dragão alado, mas gostei muito do que li, principalmente da forma em que o texto foi escrito, com clareza e precisão. Abraços. Roniel.

    Gostar

  3. Olá Luisa,

    Interessante esta interpretação das variantes a respeito do dragão, nunca tinha visto uma abordagem por este lago.

    Talvez por, culturalmente, a força sexual fosse uma instrumento que a religião não gostaria que fosse libertado e o reprimiu… belo texto.

    Abraço

    Gostar

  4. Oi Luisa,

    Interessante este simbolismo. Não conhecia. É curioso que a figura do dragão, apesar de constituir um ser fantástico, que não existe na realidade, exerce uma fascinação incrível em muitas culturas. Não raro o dragão aparece como tatuagem no corpo de pessoas de países diferentes há muito tempo. Torna-se presente nas histórias infantis, mas também nos brasões e armas de diversos povos. Isso sem contar com sua representatividade nos países asiáticos.

    Ótima postagem, Luisa, adorei.

    bjs

    Gostar

  5. Luisa, sabe que eu nunca procurei saber do significado real, eu me detinha apenas no contexto infantil ou de aventura. Os dragões eram tidos como monstros do mundo antigo, mesmo que não existisse, muitos acreditavam. As criaturas mitologicas eram muitas vezes representadas por dragões que tinham a ver com o desconhecido. A palavra vem do grego e representa uma serpente enorme. Ninguem sabe ao certo como surgiram, mas até na Biblia são mencionados.

    É simplesmente fascinante pensar assim como voce descreveu, porque dá para imaginar muito mais do que simples estorinhas classicas.

    Gostar

  6. Legal est post. Porém, faço um adendo: esta visão é “ocidental”. Pergunte a um camponês no interior da China qual o significado dos ícones da cultura deles e ele certamente responderá que não tem certeza. As trdições orais deforman a mensagem primordial e a concepção original da idéia. Pode ser que alguém associe dragão com falo, mas isso é pura especulação. As lendas são mistérios indecifráveis…A história humana está recheada delas e qualque interpretação “moderna” pode levar o incauto a um raciocínio erroneo. ainda mais associar ummfolclore com conotação sexual…

    Gostar

Bote abaixo!...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s