A Fragilidade dos Seres Vivos

linda imagem sombolizndo o cosmos

Cosmos

O Universo percorre religiosamente o seu ciclo, com a sua Inteligência isenta de moral, valores, juízos ou deuses. Ele mantém as galáxias em equilíbrio. As estrelas morrem e ele não chora; os planetas nascem e ele não salta de felicidade; os cometas destroem corpos celestes e ele não julga. Tal como a Natureza. Ela, na sua imensa sabedoria, deixa os seres vivos seguirem o seu caminho sem interferir. Ela apenas sabe que tem de preservar a Inteligência nos átomos de carbono, para que cada partícula daquela energia se perpetue. É esse o seu trabalho.

Os homens são seres da Natureza, por isso tudo o que eles fazem é natural, até os seus artifícios são naturais. Mas eles foram dotados de uma inteligência mais complexa do que a dos outros seres; a responsabilidade em preservá-la e aumentá-la é a sua função natural. Por isso, cada vez o homem está aparentemente mais longe da Natureza. É assim que eles se vêm uns aos outros e se julgam, com valores estáticos há milénios. Os valores e a moral humanos não se alteram, mas a sua Inteligência sim. Continuar a ler

Anúncios

Um Abraço

Um Abraço

Continuar a ler