Início » ...em forma de Conto » Sons no Passeio

Sons no Passeio

Art by Vladimir Kush

Os saltos das minhas botas ecoavam na calçada, ao voltar para casa. Mas só eu os ouvia. Num passo lento e bem marcado, caminhava ligeira, no meio dos outros seres que iam e vinham. Observei-os atentamente. Estavam próximos de mim, mas soavam longínquos e fantasmagóricos. Cada um mergulhado no seu próprio mundo de lua negra. Lábios que sorriam para o nada. Sobrolhos franzidos. Rostos ansiosos. Orgulhosos. Impenetráveis. Libidinosos. Tristonhos. Alienados. Dedos ágeis que escreviam sms’s e aguardavam a resposta com urgência. Olhos baços, que refletiam lágrimas na garganta. Rostos expressivos, que cantavam canções surdas, ao ritmo privado duns phones.

– A senhora está triste? – perguntei a uma mulher de olhos resplandecentes-de-alegria-falsa.
– Por acaso estou…estou muito triste. Mas como é que sabe? Os meus olhos estão risonhos!…
– Tenho uma varinha…
– De condão?
– Sem condão, mas é uma varinha muito bonita. – Respondi. – Já está menos triste agora? – Perguntei esboçando um sorriso.
– Nem por isso. Uma varinha não me trás felicidade. Nem conversa de chacha. Do que eu precisava era dum milagre.
– Ah… isso não tenho. – Disse eu desgostosa. – Já experimentou rezar? Dizem que quem reza, pede e que quem pede, tem. Pode ser que resulte.
– Balelas. Já experimentei de tudo. Até acendi velas, rezei aos anjos e arcanjos e nada.
– Pois… é natural. Se calhar também perderam o condão da varinha deles. – Respondi, só para não ficar calada.
– Adeus… – disse a mulher dos olhos brilhantes-de-alegria-falsa. – Sem condão na varinha, nem a senhora me pode valer. – E lá foi ela no seu passo pesado, arrastando a tristeza, que lhe pesava toneladas na sola dos sapatos grossos.
– Boa tarde, o  senhor está feliz? – Perguntei a um homem com um ar sorridente e aéreo.
– Não! Claro que não!… – Respondeu com um sorriso luminoso.
– Ah, pensei. – Respondi, amedrontada com a violência das suas palavras. – Como parece tão satisfeito, assim, como se tudo lhe corresse bem ao mesmo tempo…
– Sou muito reservado. Gosto da minha privacidade… mas, está a fazer algum inquérito?
– Não, é só curiosidade.
– Pois, não devia estar a fazer-me perder tempo, com… com essa curiosidade doentia. E tempo é dinheiro. E dinheiro é uma preocupação. Ainda tenho muitas preocupações marginais para viver, antes de chegar ao trabalho. Adeus. – E lá foi o homem, no seu passo largo e ritmado olhando para o mundo com um ar sorridente.
– Olá! – Arrisquei com um jovem encapuçado, que escrevia freneticamente num telemóvel.
– Tasss…
– Pareces ansioso… estás?
– Yah…
– Estás apaixonado?
– Yaaah…
– Muito?
– Yaaaaaaah…
– Vais para a escola?
– Yah…
– Nervoso com o encontro?
– Yah, Yah…
– Preocupado?
– Ná…
– Ainda bem… então, adeus!
– Tasss…

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Anúncios

19 thoughts on “Sons no Passeio

  1. É assim mesmo Luisa. Se você se encontrasse comigo num desses passeios talvez respondesse-lhe para me deixar em paz com meus problemas ou talvez não, quem sabe o que eu preciso nesse momento é um sorriso amigo de uma amiga.

    Gostar

  2. Programei uma ‘chamada’ para este ótimo artigo no novo site dos Blogueiros do Brasil. O post será publicado dia 12/08 às 15:49 hs.

    Considere a possibilidade de atualizar o nosso banner. Desculpe-me pelo transtorno.

    Abraços cordiais.

    Gostar

  3. Lu,
    É impressionante como as pessoas dão pouca importância as coisas simples da vida e que nos trazem felicidade. Uma corrida frenética, não sei bem para onde, os afastam dos momentos mais belos da vida. O jovem, sem palavras, é o único que ainda tem esperanças.
    Bjks

    Gostar

  4. Gostei do texto.
    Pessoas tristes com o presente, e um futuro incerto à deriva…
    Mas o jovem não parece estar muito preocupado… Yah, Yah…

    Gostar

  5. Já estive em uma situação que chorava dentro do ônibus e quando começava a me acalmar me perguntei:Quantas pessoas não passarama por mim triste,doentes,com problemas enormes e a gente só se da conta disso quando estamos em algumas dessas situações?
    É bem assim…
    Abçs

    Gostar

  6. Acredito nessa conspiração da alegria falsa,neste distanciamento mal humorado,nesse auto exílio dentro de si!Muito gostoso de ler,muito verdadeiro!Parabéns!Um abraço e um ótimo fim de semana!

    Gostar

  7. I simply want to say I am very new to weblog and honestly savored your web-site. Very likely I’m likely to bookmark your website . You amazingly come with terrific well written articles. Appreciate it for revealing your web page.

    Gostar

Bote abaixo!...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s