Início » ...na minha Opinião » Lendo Artigos por Aí…

Lendo Artigos por Aí…

Às vezes não me apetece fazer nada, nem me apetece pensar. É assim um estado de espírito claro e leve, como se nada houvesse para fazer ou pensar. Nessas alturas, vou à minha lista de favoritos e leio diários pessoais, assim como este, onde escrevemos o que nos dá na gana. É muito interessante. Esses artigos são assim uma espécie de espelho do indivíduo, basta passarmos para o outro lado e entramos no mundo dele. Adiante…

Passei por cima dos artigos referentes aos últimos aniversários da família e encontros com amigos virtuais que se tornaram reais – há dias em que estes artigos até me são agradáveis, mas hoje não estava com pachorra –, li dois poemas, que não me motivaram qualquer comentário; li uma anedota machista, que me motivou um pensamento mesquinho, o qual não exprimi em forma de comentário, apenas porque não gosto de escrever palavrões; li um artigo, num blog de arte e arquitetura, sobre postais ilustrados, que me motivou um pequeno comentário e uma partilha nas redes sociais; li um artigo sobre a estreia de um filme documentado, onde será retratada a obra do autor e compositor Tom Jobim, o qual me motivou uma partilha nas redes sociais; li uma tirinha humorística que também partilhei. Li outro poema, que me mereceu um comentário, pela beleza e qualidade.

Quando já estava de saída, vi um título que me chamou a atenção. Fui lá ver, li atentamente o artigo e comentei-o de forma analítica e fria, pois achei que a argumentação utilizada não tinha pés nem cabeça, embora o tema fosse muito interessante. Tal como deveriam ser todos os comentários e não são. É curioso como nós temos a tendência de comentar o autor e não o artigo. E o autor, neste caso, merece-me toda a consideração e carinho. Mesmo tendo em conta que se trata de um diário (vulgo “o meu blog”), penso que, quando arriscamos dar uma opinião pessoal sobre um assunto geral, no mínimo deveremos basear-nos em premissas válidas, para a argumentação ser consistente. Nem sempre o fazemos, é certo, mas penso que é nosso dever tentar.

A propósito da argumentação, um destes dias li um pequeno artigo – duas ou três linhas – que me deixou de cara à banda. O autor do dito queixava-se, em voz alta, que o e-mail que disponibilizava no seu blog, não era caixote do lixo, ou coisa que o valha, que servisse para receber mensagens menos convenientes de leitores mais atrevidos. Quase caí da cadeira, de tanto rir. Ora bolas… é a mesma coisa que sair de casa, deixar a porta no trinco e no lado de fora, um grande cartaz lá pregado: “senhor ladrão, não está ninguém em casa, a porta está aberta, mas não entre, pois nela só são admitidas pessoas honestas”. Hilariante. Mas grave, grave, é que nas redes sociais, este tipo de artigo tem honras de primeira página!

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Advertisements

9 thoughts on “Lendo Artigos por Aí…

  1. Pingback: Ver! | Blog | Lendo Artigos por Aí…

  2. Olá Luísa (ou será a mulher do bêbado), li seu comentário e sua postagem acima e concordo com sua lógica. Sim, existem incoerências nas afirmações, pois no calor da raiva posso produzir um comentário bom sobre algo que me incomoda. Não vou falar sobre isso pois acho que já o fizestes muito bem. Também não vou fazer uma análise do que você postou (apenas dizer que gostei muito), mas reconhecer a importância de ter gente que se expressa e sabe se expressar. O que li em teu artigo motiva a ler e comentar, pois tem alma, essência. Acredito que essa Babel que é a internet serve-nos como uma forma de exteriorizar quem somos, principalmente quando os espaços pra isso na “vida real” já nos são poucos pra essa importante tarefa. Ao ler a matéria da nossa colega me prendi ao fato do voto vazio, do comentário de vento, e como tenho notado que isso é lugar comum, me prendi a ele e expressei a minha insatisfação.
    Muito obrigado pela disponibilização do link em sua página. Ah, o blog é sobre Arte em geral, só consegui colocar uma postagem sobre arquitetura, e essa postagem que você viu é uma das que mais preguiça me deu na “caneta”, se quiser ler uma das outras…
    Ah 2. Me deves um comentário!

    Abraços!

    Gostar

    • Fábio, todos temos os nossos dias. Mais, as nossas fases. E aqui é que a porca torce o rabo… 😀

      Eu comento muito pouco, por pura falta de tempo. De uma maneira geral, se gosto do artigo, divulgo-o nas minhas redes sociais, por ser rápido e de alguma maneira prestigiar o que li.

      Eu não gosto de ver isso mesmo que referes: comentários de vento. As pessoas parece que perderam o sentido critico e muitas chegam mesmo a achar reprovável um comentário menos concordante. Na minha opinião é “da discussão que nasce a luz” e não do anuir sem critério. Penso que isso é muito mais positivo para quem escreve.

      Sabes, eu já tinha deixado um comentário lá no Arte, mas por qualquer motivo ele não “entrou”. Deixei lá outro. Vamos a ver se desta vez acertei! 🙂

      Abração e obrigada pela tua presença.

      Gostar

  3. Luisa, estou chorando de rir com o suposto cartaz que um tolo venha a colocar na porta para não chamar a atenção do assaltante! É isso mesmo. Resumiu bem o que era óbvio.

    Lu, nem sempre estou com paciencia para comentar, as vezes ler me basta. Para dizer algo, gosto que seja realmente bom. Do contrario, melhor calar-me.
    A paciencia não é exclusivamente com o que tenho para ler, e sim com o tempo disponível, se estou cansada ou não, claro, simpatia mutua e artigos que me interessem.

    Depois que vim morar nesta ilha, longe de tudo, contramão de tudo, que me perdoem se eu falto com visitas, não tenho tempo mais sobrando e o pouco que tenho, estou realmente cansada. Eu tendo distribuir com assuntos diversos e necessários. Mas voces me são especiais e queridos.

    BEIJOS

    Gostar

    • Sissy, querida, o tempo está escasso.
      Ou então sou eu que não sei aproveitá-lo bem, sei lá! 😀

      Mas às vezes, quando resolvemos “arranjar” um bocadinho, ainda nos decepcionamos. 🙂

      Beijos, querida!

      Gostar

  4. Oi gostei muito da reflexão, principalmente na história da pessoa que deixou seu número no Blog e dpois reclamou de algumas ligações incovenientes.
    Também vi e pensei a mesma coisa.

    Gostar

  5. Ola, Luísa.

    Em “Lendo artigos por aí” você expõe muito bem sobre as diversas leituras que fazemos de textos nos blogs.Muitas vezes as opiniões não são coerentes ou se desviam totalmente do que o conteúdo expressa.
    As pessoas, também pela pressa, acabam deixando pequenos recadinhos que nada acrescentam ao desejo daquele que escreveu. Contudo,o certo é que sempre escrevemos para alguém e sempre desejamos que leiam. É como se escrevêssemos uma carta e esperássemos ansiosamente pela resposta.
    Abraço,
    Aureliano.

    Gostar

    • Aureliano, o que me deixa frustrada é ler um artigo cuja argumentação é desprovida de qualquer bom senso, ou seja, a pessoa passa a ideia que os seus argumentos são universais, quando na realidade são visões pessoais desprovidas de lógica e toda a gente diz alegremente que concorda e ainda acrescenta mais algumas palavras no mesmo tom. Ora, isso parece-me preocupante. Que confiança posso ter nos meus críticos, se eles apenas concordam, mesmo que eu esteja a escrever um rol de disparates?

      Mas, no fim disto tudo, é preferível mesmo ficar calada. Pois as pessoas aceitam muito mal uma correção de base, ou seja, que lhes mostrem por A + B, que a sua argumentação não tem consistência porque é completamente falaciosa. 🙂

      Eu concordo com a tua teoria da carta, pois é exatamente assim que nos sentimos quando escrevemos para o público. Mas valerá a pena ter feedback, que nos induz em erros de avaliação em relação ao nosso trabalho? Não sei…

      Abração e obrigada pela presença!

      Gostar

Bote abaixo!...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s