O agora

O agora é o tempo gasto desde há bocado
É um momento fugidio, um vento fresco,
Uma carícia que nos faz acreditar que existe daqui a pouco…
É a calma do sorriso de simplesmente sermos.

O agora é o grito que anuncia o passado
Mesmo que o coração ainda bata apressado
Na ilusão de estar aqui,
No agora.

Agora sinto a tua mão numa carícia doce
Agora oiço a porta fechar-se
Agora espero o daqui a pouco,
Daqui a pouco já chegou e o agora foi há bocado.

Agora espero por ti
Sem desespero.

2 thoughts on “O agora

Bote abaixo!...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s